N

ossa instituição é bem jovem ainda, foi fundada em 1993 por força da Lei 8.630 do mesmo ano, com o objetivo de defender os interesses dos Operadores Portuários do Estado do Pará.

De lá para cá, enfrentamos diversos e enormes desafios, mas a coragem dos nossos dirigentes nos trouxe até aqui e neste sentido quero registrar o agradecimento a todos os nossos Ex-Presidentes e Ex-Diretores que, com suas enormes contribuições, nos conduziram até aqui.

Para melhor esclarecer aos internautas que acessarão as nossas mídias sociais, quero explicar os benefícios que trouxemos para a sociedade. O novo marco de nossa atuação é a Lei 12.815/2013, que determina a exclusiva realização, em Porto Público, da movimentação da carga por um operador portuário devidamente qualificado pela Portaria 111/2013 emitida pela SEP.


Portanto, nós carregamos e descarregamos os navios, entregamos a carga para ser transportada ao destino e às vezes fazemos também este transporte.

Tenho 1 exemplo prático para mostrar nosso beneficio à sociedade em geral:

1. As cargas brasileiras são na enorme maioria transportadas por via rodoviária e o Brasil tem a vocação da navegação com uma costa marítima gigante. Temos fomentado o transporte por cabotagem que possibilitará uma logística mais inteligente e a melhor preço, o que entendemos que terá reflexo nos preços dos produtos;

O objeto principal do SINDOPAR é a defesa dos interesses do Operador Portuário do Pará em todas as instâncias, em todos os temas e em todo o território nacional, mas especialmente no Estado do Pará.

Desde 2013, nossa instituição tem perseverado por outras conquistas, sem absolutamente nunca esquecer o objetivo principal da instituição.

Entendemos que era necessário nos aproximarmos cada vez mais da sociedade paraense em geral, por isso temos criado todos os caminhos possíveis para este fim.

Ainda em 2013, criamos nossa primeira ferramenta de comunicação com a sociedade, trata-se do ANUÁRIO do SINDOPAR, literatura sem igual no setor portuário em todo o Brasil.

Esta literatura pretende disponibilizar informações não só para o setor, mas também - e sobretudo - para a sociedade em geral. Nele dispomos a estatística do setor, número a número, mostrando o tipo de carga que movimentamos, os volumes dos últimos anos, entre outras diversas informações importantes.

Nesta ferramenta também entrevistamos várias autoridades que falam sobre o setor notadamente quanto ao passado e ao presente, e também com opiniões sobre o futuro.

Em 2014/2015 lançamos a 2ª edição do ANUÁRIO do SINDOPAR, este já melhor com a experiência da 1ª edição. Tivemos o grande prazer de ter o Governador Simão Jatene como principal entrevistado, e ainda a sorte de conseguir entrevistas com 2 Ministros dos Portos: o que saía da pasta naquele momento, Dr Cesar Borges; e o que entrava para ocupar a pasta, Dr Edinho Araújo. Confesso que ficamos bem orgulhosos deste trabalho.

Em 2015/2016 lançamos a 3ª edição do ANUÁRIO do SINDOPAR, sem arrogância alguma, ainda melhor, pois tivemos como principal entrevistado o Ministro dos Portos Dr Helder Barbalho, que nos concedeu uma entrevista generosa, longa e bastante lida em todo o país, haja vista que ele dispôs na nossa literatura tudo que pensava naquele momento para os portos de todo o Brasil.

Neste momento estamos construindo a 4ª edição, que será histórica, uma vez que tentaremos dar um salto em direção à nacionalização da literatura. Estamos preparando várias surpresas bem agradáveis para nossos leitores.

Outro grande orgulho que sentimos institucionalmente foi a harmonização da relação trabalho/capital. Hoje temos uma relação equilibrada e respeitosa, estamos com todas as CCTs Convenção Coletiva de Trabalho devidamente assinadas e com o canal de comunicação aberto ininterruptamente. Temos agido como verdadeiros cavalheiros e com isso quem ganha é o mercado que tem um serviço bem feito, com agilidade e competência.

Não podemos deixar de mencionar a inauguração da COP Casa do Operador Portuário, nova sede do SINDOPAR, inaugurada em Novembro de 2015, local que proporciona bom conforto aos filiados, mas não apenas isto, nela construímos um auditório com 51 lugares, a que demos o nome do Dr. Nelio Darcier Lobato, que foi presidente da CDP e Prefeito de Belém. Nesse local realizamos nossas capacitações e treinamentos, bem como efetuamos convênios para outras instituições como a UFPA e a CDP por exemplo.

A COP foi gentilmente inaugurada pelo Ministro dos Portos, na época Dr. Helder Barbalho, em 06/11/2015, e é outra fonte de proximidade com a sociedade, além de ser uma especial ferramenta de gestão propriamente dita.

Em 2016 esta diretoria foi aclamada e iniciamos nova fase, pois entendemos que, além de tudo o que já foi feito, temos a obrigação de transformar nossa instituição numa estrutura moderna, que possa dialogar com o público jovem.

Neste sentido, criamos recentemente nosso FACEBOOK que está muito interessante, recomendo a visita e peço que curtam a página: nosso endereço é SINDOPAR. Lá é possível encontrar bastante informação sobre o setor.

Também estamos lançando este NOVO SITE do SINDOPAR, que está magnífico. Foi muito esperado, tivemos muitos obstáculos para sua conclusão, mas ao fim construímos esta ferramenta com muito esmero, criatividade e competência.

O trabalho foi profissional para enfim termos um SITE que dialogue com todo o público, pois muitos jovens precisam de informações para pesquisas acadêmicas, entre outros importantes fins.

No SITE disponibilizamos as 3 edições do Anuário em PDF para quem quiser baixar, há fotos de todos os eventos de lançamentos dos anuários, e de todos os outros eventos que o Sindopar protagonizou até agora. Há, ainda, a galeria dos nossos ex-presidentes, vídeos importantes, entrevistas de autoridades falando sobre a instituição e sobre o mercado, em suma muita coisa relevante.

Desejávamos desde o projeto proporcionar uma leitura leve e uma navegação instigante e acho que conseguimos. Nosso desejo era que o internauta se sentisse dentro da sede do Sindopar, que, ao navegar, ele se sentisse dentro da COP Casa do Operador Portuário e, sinceramente, acho que conseguimos.

Não posso deixar de mencionar o parceiro que nos proporcionou este fantástico trabalho, inclusive por se tratar de uma empresa muito profissional, que, ao longo do processo, não perdeu o tom da fraternidade, do entendimento, da boa vontade. Estamos falando da DUPLLA COMUNICAÇÃO.

O SINDOPAR passa por um momento muito especial e igualmente importante.

Boa navegação e boa pesquisa!!!

Alexandre da Silva Carvalho
Presidente do SINDOPAR